As Viagens de Verão e o cartão de crédito

Como controlar o cartão e viajar gastando menos

Guia de Bolso | 03 de dezembro de 2018
cartão de crédito
viagens de verão
As Viagens de Verão e o cartão de crédito
As Viagens de Verão e o cartão de crédito

Aproveitar as férias de verão para viajar é uma ótima opção para quem quer relaxar e se divertir. Melhor ainda se você preparar seu bolso para aproveitar a viagem do início ao fim, sem voltar com a impressão (ou pior, com a certeza) de que gastou mais do que podia.

Agora, você sabia que o cartão de crédito pode ser seu aliado nessa missão de economia? E isso vale tanto para o planejamento da sua viagem quanto para as férias em si. Quer ver? Acompanhe a seguir.

Leia também: Como evitar contratempos com o cartão de crédito?

 

Como controlar o cartão durante as viagens?

Você chega ao destino, acerta a hospedagem, sua filha resolve ir fazer compras, o menor pede um picolé. Depois, vêm os ingressos do passeio em família. Logo, chega a hora do jantar. Um brinde a mais para comemorar a viagem. No final, ainda tem as lembrancinhas. E assim, de gasto em gasto, muita gente acaba perdendo as contas.

A boa notícia é que existe solução para quem quer viajar gastando menos, seja no verão  ou em qualquer outra estação. O primeiro segredo é analisar seu orçamento e planejar-se um pouco antes de sair de casa.

1 - Faça um balanço geral das suas contas (as faturas do seu cartão de crédito e os extratos da sua conta podem ajudar nessa análise). Reserve uma quantia para os pagamentos de contas recorrentes que terá após as férias (aluguel, condomínio, água, luz, prestações não quitadas, etc.). Confira, então, quanto dinheiro pode realmente investir na viagem.

2 - Outra boa dica é montar um roteiro básico para fazer um planejamento de custos das férias, incluindo passagens, hospedagem, gastos com deslocamento, alimentação e uma margem para gastos extras.

3 - Comparando o quanto você pode gastar (1) e o planejamento de custos da viagem (2), você já pode estabelecer um total viável que caiba no seu bolso. Se você dividir esse montante pelo número de dias de viagem, fica ainda mais fácil controlar seus gastos. E se um dia você gastar um pouco mais, já sabe que precisa economizar um pouco no dia seguinte para manter-se dentro das suas previsões.

Aproveite essas dicas e use o cartão de crédito a seu favor durante as suas viagens de verão, principalmente em viagens nacionais. Afinal, concentrando suas despesas no cartão, você já fica com um registro de tudo que está desembolsando. E pode ir acompanhando sua fatura, durante a viagem, pelo app da sua instituição financeira ou pelo seu Internet Banking, para controlar melhor seus gastos.

Baixe gratuitamente o e-book Viaje Gastando Menos e confira mais dicas para economizar em suas viagens nacionais e internacionais.

 

Em viagens internacionais, é melhor usar dinheiro, cartão de crédito ou pré-pago?

No caso de viagens para o exterior, o mais recomendável é sempre ter mais de uma opção de pagamento. Em todo caso, há vantagens e desvantagens em cada uma delas. Veja:

PAPEL MOEDA - compra antecipada

Vantagens
Economia: 0,38% de IOF
Ampla aceitação

Desvantagem
Insegurança

PAPEL MOEDA – saque

Vantagem
Ampla aceitação (ideal para emergências)

Desvantagens
6,38% de IOF
Tarifa de saque
Insegurança

CARTÃO DE DÉBITO/CRÉDITO

Vantagens
Segurança
Controle de despesas
Acúmulo de pontos
Seguros (em alguns casos)

Desvantagens
6,38% de IOF
Variação cambial

CARTÃO PRÉ-PAGO

Vantagens
Segurança
Controle de despesas
IOF cobrado só na recarga
Limite de gastos

Desvantagens
6,38% de IOF

Portanto, levar dinheiro em espécie é a forma mais econômica de fazer seus gastos em viagens internacionais. Mas há de se considerar que se não se trata de uma forma muito segura viajar com dinheiro vivo, ainda mais se for em grande quantidade.

Em questão de segurança e comodidade, o cartão de crédito e o cartão pré-pago saem ganhando. Em ambos os casos, o IOF cobrado é de 6,38%, só que no pré-pago, o imposto é cobrado apenas no momento das recargas, enquanto no cartão de crédito, o IOF incide sobre cada gasto.

Por outro lado, usando o cartão de crédito você pode acumular pontos e trocar por milhas e outros prêmios. E no caso de alguns cartões, também são oferecidos seguros de viagem, por exemplo – vantagens que podem acabar compensando o custo do uso do cartão.

Leia também: Aplicativos e sites para planejar as férias de fim de ano.

 

Com o uso consciente do cartão, dá até para viajar mais barato.

Você pode fazer do seu cartão de crédito um aliado do seu orçamento, um parceiro no planejamento e na análise dos seus gastos. Basta usá-lo com consciência e fazer um acompanhamento constante das suas despesas.

Além disso, há cartões que permitem o acúmulo de pontos e/ou de milhas de viagem a cada gasto e outros que também oferecem serviços extras, como seguros de viagem, seguro para aluguel de automóveis, certificado de Schengen para entrada na zona do euro, etc. Assim, você já começa a economizar para suas férias de verão.

Agora, se você procura um cartão com ainda mais vantagens, como cotação do dia da compra (no caso de compras internacionais), limites inteligentes e taxas reduzidas, uma boa dica é conferir as opções oferecidas por cooperativas financeiras, como o Sicoobcard.

 

Aliás, você já conhece o maior sistema de cooperativas de crédito do Brasil, o Sicoob? Faça parte!

Gostou do post? Comente e compartilhe.

 

 

Foto: GettyImages

Gostou dessa dica? Cooperação começa por aqui, compartilhe esse conhecimento.


Assine nossa newsletter!


    Matérias que você também pode gostar