Como economizar energia elétrica em pleno Verão?

Veja o que fazer em cada cômodo da casa para gastar menos.

Guia de Bolso | 16 de dezembro de 2015
como controlar os gastos
cooperativa financeira
economizar energia elétrica
preocupações com a conta de luz
economizar energia elétrica
economizar energia elétrica

Com o Verão chegando e o calor aumentando, as preocupações com a conta de luz também tendem a aumentar. Afinal, aparelhos de ar-condicionado e ventiladores começam a ser mais utilizados. Geladeiras e freezers também são mais exigidos. Com as crianças de férias, pode aumentar ainda o consumo de energia com televisão e jogos eletrônicos. A situação fica ainda mais complicada com os recentes reajustes autorizados pelo governo. Afinal, como controlar os gastos e também o calor?

Simples: basta ficar atento a cada cômodo da casa para descobrir diversas formas de evitar o desperdício em nosso dia a dia, economizar nas contas e, por fim, contribuir também com o meio ambiente. Veja só:

Na sala:

- Desligue sempre da tomada os eletrodomésticos que não estiverem sendo usados, como televisores, ventiladores, luminárias, etc. Na tomada, mesmo desligados, os aparelhos continuam em stand by e, assim, podem acabar sendo responsáveis por certa porcentagem dos gastos mensais.

- No verão, pode ser maior o tempo que as crianças gastam com jogos eletrônicos. Eduque-as para que desliguem os monitores de computadores após jogar.

- Use lâmpadas fluorescentes ou de LED em vez das incandescentes. E não só na sala, mas em todos os ambientes. Com lâmpadas de LED, por exemplo, a economia total na conta de luz pode ser de até 80%.

 Veja as vantagens e desvantagens dos diferentes tipos de lâmpadas aqui.

- Evite o uso de benjamins (pinos T), pois o acúmulo de ligações numa mesma tomada pode causar aquecimento e aumentar as perdas elétricas.

Nos quartos:

- Pinte as paredes com cores claras, para que reflitam melhor a luz.

- Durante o dia, abra as cortinas e persianas e aproveite a luz do Sol.

- Para ler ou estudar, prefira spots de luz, mais adequados e econômicos para esses fins.

- No caso do ar-condicionado, mantenha o filtro sempre limpo para não prejudicar a circulação de ar e não aumentar o consumo de energia.

- Evite abrir e fechar portas e janelas de cômodos onde o ar-condicionado esteja ligado. Toda vez que isso acontece, o aparelho gasta mais energia para manter a temperatura do ambiente.

- Em cômodos vizinhos, ligue apenas um ar-condicionado, mantendo a porta aberta entre um espaço e outro, para que o aparelho resfrie-os progressivamente (lembre de fechar portas de banheiros e janelas entre os quartos para manter o ar circulando apenas onde é necessário)

- Para que o aparelho não fique ligado a noite inteira, você pode optar por ligá-lo uma meia hora antes de ir dormir, deixando-o resfriar todo o ambiente (fechado) e, na hora de se deitar, desligar o ar-condicionado e acionar um ventilador.

- É bom saber que os ventiladores de teto costumam consumir o dobro dos menores, de tomada. Para economizar, prefira estes últimos.

- Ao carregar celulares e notebooks, não coloque-os na tomada e vá dormir, deixando-os consumir energia por toda a noite. Em vez disso, prefira carregá-los durante o dia para retirá-los da tomada assim que a bateria estiver cheia.

- Evite dormir com a televisão ligada. Use o timer do aparelho e ensine também às crianças.

- Em locais/dias muito secos, em vez de usar umidificadores, opte por colocar um pano molhado sobre algum móvel e uma bacia cheia de água no ambiente.

No banheiro:

- Em caso de locais/dias de calor intenso, talvez seja possível desligar o aquecimento do chuveiro elétrico e ainda assim tomar um banho morno no final do dia, aproveitando que a água passou horas esquentando em canos e reservatórios.

- Minimamente, deixando o aparelho na posição verão, você já começa a economizar.

- De qualquer forma, lembre que o chuveiro é um dos aparelhos que mais consomem energia. Então, limite o tempo de banho e feche-o enquanto estiver se ensaboando.

- Se possível, evite o uso do chuveiro em horários de pico (18h-21h).

- E evite também o uso de secador de cabelos, aproveitando o calor da estação para secar os cabelos naturalmente.

Na lavanderia:

- Máquina de lavar e ferro de passar também consomem bastante energia. No caso do ferro elétrico, por exemplo, o que mais consome energia é o aquecimento inicial. Portanto, acumule o máximo possível de roupas para lavar e passar de uma só vez.

- Secadoras podem ser dispensáveis nessa época do ano. Deixe as roupas secarem naturalmente.

Na cozinha:

- Fogão e geladeira não podem ficar próximos. Se estiver exposta ao ar quente do fogão, a geladeira precisará consumir mais energia para manter os alimentos resfriados.

- Verifique a vedação das portas da geladeira para garantir que não está escapando ar.

- Evite ficar abrindo e fechando-a com frequência. Quando necessário, retire todos os itens de uma vez. Uma boa dica para isso é arrumar os alimentos para que sejam rapidamente encontrados. E não esqueça de deixar espaço entre eles para o ar poder circular (não forre as prateleiras para não dificultar a passagem de ar).

- Não coloque alimentos quentes dentro da geladeira, pois ela precisará consumir mais energia para resfriar os alimentos em alta temperatura.

Gostou dessas dicas de economia? Quer começar a economizar mais e administrar melhor o seu dinheiro? Então, conheça o Sicoob - o maior sistema cooperativo de crédito do país e descubra também Porque uma cooperativa financeira pode ser a melhor opção 

Gostou dessa dica? Cooperação começa por aqui, compartilhe esse conhecimento.


Assine nossa newsletter!


    Matérias que você também pode gostar