Investimentos: por onde começar?

Veja por que investir e como começar a fazer seu dinheiro render.

Vantagens da Cooperação | 19 de agosto de 2016
economizar
investimentos
investimentos financeiros
investir
perfil de investidor
poupar e investir
previdência privada
tipos de investimentos

Quer fazer seu dinheiro render mais? Então, talvez seja hora de começar a investi-lo. Se você ainda tem dúvidas sobre o seu perfil de investidor e qual a melhor aplicação para você, fique atento:

Recentemente, lançamos um novo e-book sobre investimentos, explicando detalhadamente os primeiros passos para quem quer começar a aplicar seu dinheiro.

Baixe grátis o novo e-book Investimentos.

Confira a seguir alguns pontos essenciais sobre o assunto:

1 - Poupar ≠ Investir

Economizar, poupar e investir são atitudes correlatas, mas de significados distintos entre si. O novo e-book ‘Investimentos’ explica o significado de cada um desses conceitos e a importância de todos eles.

Além disso, o e-book mostra a importância de começar economizando e poupando para ter uma ‘reserva de emergência’, uma espécie de fundo para imprevistos que todos deveriam fazer.

2 - Juros compostos

Sabia que, segundo Einstein, os juros compostos são “a maior descoberta matemática de todos os tempos”? E você pode se beneficiar disso se investir o seu dinheiro nas aplicações certas. No final, pode ganhar até mais do que investiu.

O e-book ‘Investimentos’ explica detalhadamente como isso acontece. E o que você precisa fazer para se beneficiar dos juros compostos. Tudo em uma linguagem simples e fácil, incluindo exemplos práticos para você entender melhor.

3 - Seu perfil de investidor

Já parou pra pensar em que tipo de investidor você é? A questão vai além das definições de conservador ou disposto a riscos. É preciso refletir também sobre seus gostos, seus hábitos e seus objetivos financeiros.

Por isso, o e-book ‘Investimentos’ traz uma série de indagações importantes para que você possa refletir mais profundamente a respeito do assunto e definir melhor o seu perfil.

4 - Renda fixa x Renda variável

Quando falamos em aplicações financeiras, essas são duas classificações básicas entre os possíveis investimentos. As aplicações de renda fixa são aquelas de resultados previsíveis, com intervalos, condições e porcentagens pré-estabelecidos. Enquanto as aplicações de renda variável já são mais sujeitas a riscos e oscilações de mercado, mas podem render melhores lucros se bem administradas.

O novo e-book exemplifica as aplicações de renda fixa e variável, explicando detalhadamente produtos como: letras de crédito, comprovantes e recibos de depósitos, títulos públicos e ações. Em todos os casos, há também dicas super úteis, desde os prazos mais indicados até como economizar com impostos.

5 - Outros tipos de investimentos

Além dos investimentos financeiros mais comuns, já citados, há também outras possibilidades de fazer seu dinheiro render. A Previdência Privada, por exemplo, pode ser de renda fixa ou variável, mas também se trata de um investimento financeiro. Outras alternativas mais concretas são o investimento em imóveis ou mesmo em um negócio próprio. Essas três opções também são tratadas pelo e-book ‘Investimentos’.

Aliás, o que você está esperando para baixar o seu? É grátis. Clique aqui.

 Comece a cuidar melhor do seu dinheiro cooperando. Conheça o maior sistema cooperativo de crédito brasileiro, o Sicoob.

Gostou dessa dica? Cooperação começa por aqui, compartilhe esse conhecimento.


Assine nossa newsletter!


    Matérias que você também pode gostar