O cooperativismo e a juventude.

Jovens formam cooperativas que estão fazendo sucesso.

Vantagens da Cooperação | 14 de setembro de 2015
cooperativa jovem
cooperativas
cooperativismo
vantagens da cooperação
cooperativa jovem
cooperativa jovem

Eles já foram chamados de utópicos e rebeldes, mas ninguém duvida que a juventude tenha o poder de criar e transformar o futuro.

Agora, imagine se esse poder for usado de forma democrática e colaborativa para atingir objetivos comuns, sempre com algum viés social, educativo ou ambiental.

Pois pode manter as esperanças! Por que é exatamente isso que vários jovens do Brasil e do mundo têm feito, criando negócios baseados nos princípios do cooperativismo: autonomia, democracia, cooperação (saiba mais aqui ) – valores que, aliás, tem tudo a ver com essa fase da vida, a juventude.

Além de preencherem essas necessidades juvenis de criação, participação e liberdade, os negócios cooperativos são alternativas interessantes diante da precarização do trabalho e do desemprego crescente; baseados num modelo socioeconômico que tem se mostrado viável e que ainda contribui para a construção de uma sociedade mais justa.

Confira alguns exemplos inspiradores de cooperativas criadas por jovens que têm dado certo:

- Em Portugal

Criada em 2010, por membros da Associação dos Jovens Agricultores, a cooperativa comercializa bens e serviços agrícolas no país lusitano e também em outros da CPLP, sempre com preocupações de caráter social e de valorização do produto agrícola.

- Em Capão Redondo e Campo Limpo/SP

Projetada em 2005 pela Incubadora Tecnológica de Cooperativas Populares da Universidade de São Paulo (ITCP-SP), esta cooperativa de jovens presta até hoje serviços como manutenção e assessoria em hardware, projeto, implantação, manutenção e assessoria em rede de computadores, software livre, webdesign, entre outros.

- Em Santo André/SP

Formada desde 2007, por jovens de 18 a 27 anos, a cooperativa é especializada em software livre e presta serviços de design, ilustração e animação, além de oferecer oficinas, minicursos e palestras de capacitação em informática e programação visual. Tendo como meta contribuir com o conhecimento tecnológico da sua comunidade, é apoiada pela Secretaria de Desenvolvimento e Ação Regional da Prefeitura Municipal de Santo André.

- No Rio de Janeiro/RJ

Idealizada na Universidade Estadual do Rio de Janeiro, como um projeto de extensão, ainda nos anos 90, esta instituição é hoje uma cooperativa de jovens artesãos e instrumentalistas, dedicada a permanente investigação e exercício de linguagem musical. Um dos seus principais produtos são instrumentos artesanais de música produzidos pelos jovens.

- Em Araci, Retirolândia e Queimadas/BA

A cooperativa foi criada em 2000, com a missão de proporcionar alternativa de geração de trabalho e renda para jovens da região do Sisal. E até hoje contribui para a transformação de suas vidas sociais, econômicas e culturais de maneira solidária e sustentável, oferecendo produtos artesanais de papel reciclado.

- Em São Paulo/SP

Uma cooperativa de beneficiamento de materiais recicláveis, pautada na inclusão social, preservação ambiental e diminuição do desperdício de recursos; fundada por um jovem empreendedor, em 2010.

Por seu viés inovador no âmbito socioeconômico ambiental, a cooperativa já recebeu os prêmios Jovens Inspiradores e Jovens Embaixadores Ambientais e foi reconhecido pela publicação internacional Peace Child International.

Exemplos como esses devem continuar se multiplicando por aí, uma vez que começam a surgir também iniciativas para ensinar desde cedo a crianças e jovens as formas e as vantagens de cooperar para crescer. Mas afinal, o que os jovens têm a aprender com o cooperativismo?

Educar para cooperar

Ser membro de uma cooperativa é uma experiência que pode ensinar aos jovens lições valiosas, como a participação democrática dentro de um grupo, a tomada de decisões, a autonomia, entre outras.

Como forma de incentivar o cooperativismo em crianças e jovens, algumas iniciativas merecem destaque:

- Em São Roque de Minas/MG

A 320 km de BH, a escola é uma cooperativa educacional formada por pais e professores e já se tornou referência de ensino cooperativista. Mesmo sem existir uma matéria específica sobre isso, os professores falam no assunto o tempo todo. Além disso, durante a feira “Jovens Empreendedores”, os alunos são estimulados a formar uma cooperativa e comercializar seus produtos.

- Em Santa Catarina

A fim de difundir o conhecimento cooperativo na juventude, cooperativas filiadas fizeram uma parceria e criaram um curso de jovens lideranças cooperativistas, para formar líderes que transformem a sociedade competitiva em sociedade cooperativa.

- Em Porto Alegre/RS

A primeira faculdade voltada ao ensino cooperativista do Brasil fica em Porto Alegre e oferece curso superior de Tecnologia em Gestão de Cooperativas, cursos de pós-graduação em Gestão de Cooperativas e em Gestão Estratégica do Agronegócio, além de cursos de extensão e projetos de pesquisa.

Gostou do post? Você também pode se associar a uma cooperativa e ter muitas vantagens. Conheça o Sicoob – o maior sistema financeiro cooperativo do Brasil: http://www.sicoobsc.com.br.

 

Gostou dessa dica? Cooperação começa por aqui, compartilhe esse conhecimento.


Assine nossa newsletter!


    Matérias que você também pode gostar