O Cooperativismo em cada região do Brasil

Conheça as regiões com mais associados, as que mais geram empregos e muito mais

Vantagens da Cooperação | 18 de fevereiro de 2019
cooperativismo
mapa cooperativismo
regiões do brasil
O Cooperativismo em cada região do Brasil
O Cooperativismo em cada região do Brasil

Você já deve ter ouvido falar sobre o cooperativismo, um modelo socioeconômico baseado na partilha de decisões e de resultados. Originado em 1844, na Inglaterra, o movimento cooperativista já reúne mais de 1 bilhão de cooperados em todo o mundo. E no Brasil, o cooperativismo também tem evoluído e o melhor, em todas as regiões.

No total, nosso país já conta com 6.655 instituições cooperativas que atuam em 13 diferentes ramos econômicos e reúnem 13,2 milhões de associados, além de gerar 376,7 mil empregos, de acordo com dados da Organização das Cooperativas Brasileiras (Sistema OCB).

Agora, quer saber que região do Brasil concentra mais cooperativas ou onde o cooperativismo tem gerado mais empregos? Quer descobrir alguns bons exemplos de cooperativas de diferentes partes do país e entender como esse movimento tem crescido em todo o território nacional? Então, confira a seguir a situação do Cooperativismo em cada uma das diferentes regiões brasileiras:

 

O Cooperativismo no Centro-Oeste do Brasil

Segundo o Relatório OCB, no ano de 2013, a região Centro-Oeste do país contava com 666 instituições cooperativas, somando 746,1 mil cooperados, concentrados principalmente nos ramos de crédito, de consumo e habitacional.

Dois anos depois, em 2015, pôde-se notar um aumento tanto no número de cooperativas da região – que subiu para 857 instituições (12,89% do total nacional) – quanto no total de cooperados – que se estendeu para 920 mil pessoas (6,97% dos cooperados brasileiros).

Além do crescimento notável do movimento cooperativista na região Centro-Oeste do país, também vale observar que juntas, as cooperativas do Distrito Federal, do Goiás, do Mato Grosso e do Mato Grosso do Sul geram 26.632 empregos (7,07% do total em todo o país).

 

O Cooperativismo no Nordeste do Brasil

Em 2013, o Nordeste do país tinha 1.755 cooperativas com 551 associados ao todo, sobretudo, nos ramos agropecuário, de crédito, de infraestrutura, de saúde e de transporte.

Já em 2015, houve uma ligeira redução do número de instituições cooperativas no Nordeste, para 1.362 cooperativas (20,47% do total nacional), enquanto os cooperados chegaram a 520 mil. Ainda assim, as cooperativas da região seguem sendo responsáveis pela geração de mais de 22 mil empregos (5,96%).

E do Nordeste também vêm bons exemplos. Como o da cooperativa fundada em 1972, que já se tornou a 5ª maior rede odontológica do país, presente em todo o território nacional. Além disso, a instituição ainda tem forte responsabilidade social, com destaque para as atividades no estado do Ceará, como o Projeto Sorrisão com foco no atendimento educativo-preventivo de crianças de creches e escolas públicas da região.

 

O Cooperativismo no Norte do Brasil

Entre 2013 e 2015, o número de cooperativas no Norte do país aumentou de 814 para 1.132 instituições (17% do total brasileiro) e o número de brasileiros associados ao cooperativismo na região também cresceu de 199,8 mil para 217 mil (1,65% do total).

Os ramos agropecuário, de crédito, mineral e de transporte são os que concentram o maior número de cooperados no Acre, Amapá, Amazonas, Pará, Rondônia, Roraima e Tocantins. Estados que juntos geram 11.828 empregos ligados ao cooperativismo.

Outro destaque: A líder brasileira de produção de fibras de malva e juta é uma cooperativa fundada há mais de 50 anos por 84 produtores da região Norte do país. Hoje, a cooperativa já está presente em 9 municípios do estado do Amazonas, reunindo cerca de 200 cooperados e produzindo cerca de 10.000 toneladas de fibras por ano, o que corresponde a 50% do consumo nacional.

 

O Cooperativismo no Sudeste do Brasil

Na região Sudeste do país, o cooperativismo também apresentou expansão em todos os aspectos. O número de cooperativas cresceu, entre 2013 e 2015, de 2.357 para 2.395 instituições (35,99% do Brasil). Já o aumento de cooperados foi maior, de 5,1 milhões de associados para 5,874 milhões (44,5% do total nacional).

Vale notar também que a região Sudeste concentra mais de 50% das cooperativas de crédito do país. E destacam-se ainda os ramos agropecuário, de consumo e de trabalho.

Além disso, São Paulo e Minas Gerais são alguns dos estados que mais realizam exportações por meio de cooperativas. Sem contar que a região gera, no total, 117.304 empregos ligados ao cooperativismo.

 

O Cooperativismo no Sul do Brasil

A herança cultural europeia foi, provavelmente, uma das responsáveis pelo fato da primeira cooperativa de crédito do país ter sido fundada na região Sul, mais especificamente no Rio Grande do Sul em 1902.

Além disso, a região Sul, incluindo apenas três estados – Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul – é uma das que concentra o maior número de cooperados do país. De 2013 para 2015, o total subiu de 4,4 milhões para 5,668 milhões de associados ao cooperativismo na região (42,94% do total do país). Fato que é ainda mais notável, ao observar que o número de instituições cooperativas na região diminui no mesmo período, de 1.011 para 907 instituições.

Outro ponto relevante é que as cooperativas da região Sul geram mais de 52% do total de empregos ligados ao cooperativismo no Brasil. São 198.445 vagas. E os ramos agropecuário, de consumo, de crédito e de infraestrutura são os que mais se destacam no Sul do país. Isso sem contar que Paraná e Santa Catarina são estados que lideram (ao lado de São Paulo e Minas Gerais) as exportações realizadas por cooperativas.

Um bom exemplo entre as cooperativas do Sul do país é a Aurora Alimentos, criada em 1969, pela união de (na época) oito cooperativas catarinenses, a Aurora é hoje um dos maiores conglomerados industriais do país. Ao todo, são mais de 40 unidades industriais responsáveis por um mix de produtos que supera os 850 itens, comercializados no Brasil e exportados para mais de 60 países. Mas um dos números que mais impressiona na Cooperativa Central Aurora é a quantidade de donos do negócio: são mais de 70 mil associados (a maioria, produtores rurais).


RESUMINDO
:

Mapa do Cooperativismo em cada região do Brasil

Gostou do artigo? Comente, Compartilhe!

Agora, você pode conferir também o que o maior Sistema Cooperativo do Brasil, o Sicoob oferece para você. Faça parte!

 

Foto: GettyImages

Gostou dessa dica? Cooperação começa por aqui, compartilhe esse conhecimento.


Assine nossa newsletter!


    Matérias que você também pode gostar