O que muda com a alta dólar?

Como a valorização da moeda norte-americana afeta seu bolso?

Guia de Bolso | 18 de julho de 2018
alta
dólar
O que muda com a alta dólar?
O que muda com a alta dólar?

Ainda que você tenha respondido NÃO a todas essas perguntas, a alta do dólar também pode afetar o seu bolso. Ou, quem sabe, pode até representar uma oportunidade para você.

Quer entender melhor como a valorização do dólar pode impactar todos os brasileiros? Então, acompanhe:

 

A influência do dólar na cesta básica

Alguns produtos triviais da cesta básica brasileira podem ficar mais caros devido à alta do dólar.

Em alguns casos, a relação de aumento dos preços é mais direta e imediata, como no pão francês, no macarrão e na farinha de trigo, já que o trigo usado na fabricação desses produtos é um insumo, em grande parte, importado.

Produtos de limpeza também podem ter aumento, uma vez que a soda cáustica usada na produção costuma ter seu preço cotado em dólares.

Em outros casos, como nas carnes bovina, de frango e suína, a elevação de preços pode ser uma consequência indireta da alta do dólar, que leva a um aumento das exportações dos produtos brasileiros com possível redução da quantidade de produtos colocados no mercado interno.

De toda forma, é válido ficar atento à variação dos preços dos produtos e, se for necessário, considerar a substituição de marcas ou de itens, para economizar.

 

O dólar e o combustível no Brasil

Desde meados de 2017, o preço dos combustíveis brasileiros passou a ser atualizado diariamente nas refinarias do país, seguindo uma política de acompanhamento dos preços internacionais do petróleo, no que influi a cotação do dólar.

Ou seja, a valorização da moeda norte-americana pode levar a um aumento dos preços dos combustíveis no país. E esse é só um dos motivos para repensar o uso excessivo de automóveis no Brasil.

Portanto, sempre que possível, vá de bicicleta ou a pé. Prefira usar o transporte público ou a carona amiga do que o carro particular. Com atitudes assim, você beneficia seu bolso, sua saúde e o meio ambiente.

 

O que muda para quem tem investimentos?

Quem tem investimentos atrelados ao dólar ou compra a moeda norte-americana propriamente dita deve sentir os efeitos da valorização cambial de forma mais direta e imediata.

Quem investe em ações também deve ficar atento. Afinal, a alta do dólar influencia nas exportações e importações, bem como na concorrência internacional.

Além disso, os efeitos da valorização do dólar na economia nacional podem levar o governo a tomar medidas relacionadas a taxa de juros, o que tende a influenciar também nos investimentos de renda fixa.

Assim, a dica para quem investe é manter-se bem informado, evitando agir por impulso e buscando a orientação de especialistas, caso necessário.

 

Como economizar em viagens ao exterior?

Se você está planejando ou já marcou sua viagem para o exterior, procure planejar-se bem. Comece analisando seu orçamento, reservando uma quantia para o pagamento de contas fixas na volta da viagem e observando quanto dinheiro tem disponível para viajar.

Planeje o custo da viagem, calculando os gastos previstos (passagens, hospedagem, alimentação, transporte, lembrancinhas, etc.) e analisando quanto pretende realmente gastar.

Como as cotações não são muito previsíveis, o mais recomendável é adquirir a moeda aos poucos. Fracione a compra e não tente adivinhar a cotação ou esperar por um momento ideal.

Mas tenha em mente que uma moeda é um produto como vários outros. Então, não deixe de pesquisar o valor da compra em diversas casas de câmbio. Compare taxas e cotações. Negocie valores até conseguir um bom negócio.

Avalie também os meios de levar dinheiro. Na compra do dinheiro em espécie, o IOF é mais baixo (1,1%) do que no cartão de viagens pré-pago (6,38%).

 

Que oportunidades surgem com a alta do dólar?

Com a valorização da moeda norte-americana, muitos empresários brasileiros devem sentir-se motivados a exportar para ter maiores lucros, o que impulsiona o nosso comércio exterior.

Por outro lado, o aumento de preço nas importações tende a estimular os importadores a escolher comprar da indústria brasileira, impulsionando a movimentação do setor e, quiçá, a geração de empregos no país.

Outra oportunidade que decorre do cenário de alta do dólar está relacionada ao turismo, já que os turistas estrangeiros podem aproveitar a desvalorização do Real para visitar o Brasil e consumir nossos produtos e serviços.

De toda forma, para proteger-se ou aproveitar as oportunidades surgidas, vale ficar atento à movimentação cambial que vem ocorrendo.

 

Gostou do artigo? Comente, compartilhe e conheça também o Sicoob - o maior Sistema Cooperativo Financeiro do país.

 

 

Photo by NeONBRAND on Unsplash

Gostou dessa dica? Cooperação começa por aqui, compartilhe esse conhecimento.


Assine nossa newsletter!


    Matérias que você também pode gostar